Assinatura RSS

Fotografia HTML do Barcamp da Educação Popular no fisl 11:

Publicado em

Diálogo do Barcamp:

Temas insurgentes no barcamp:

 

 –  A fotografia como tecnologia social.
 – A história não está mais só nos livros didáticos, está na internet e nos nossos blogs.
 –  Ferramentas e suas esferas de liberdade.
 – Um objetivo desse barcamp é ser um encontro afetivo que trate com carinho o assunto educação popular na nossa rede. 
Participantes do Barcamp

Questão inicial:
[Por que se está usando blogspot, uma ferramenta que não libera o código e se apropriada de conteúdos públicos?]

O único motivo é a liberdade de postagem livre (sem senha) feita por mail.
Quando essa função for encontrada num projeto livre vamos migrar!!
Se o uso de tecnologias não é uma necessidade pode virar consumo pelo consumo 
uso guiado por demandas atinguem que esferas de liberdade?

A educação é direcionada a partir de quais demandas?

Na educação formal as demandas são muito artificiais. Na educação popular não podemos ser radicais com os ideiais se isso impedir a realização da demanda.

A demanda na educação popular é subjetiva, pessoal, coletiva, real opcional e ligada a vida do educando.

A demanda da educação formal é a prova do vestibular ou a não repetencia ou ainda a formação de operários para o mercado.

A web é um espaço de educação. Que demandas guiam a democratização da web hj?

Fomos acustumados a não atuar, não aprendemos a ser cidadãos. 

Cidadania hj é um conceito em revolução.

O uso dos espaços deve ser coletivo e não ficar na mão de um engenheiro ou um tech por exemplo, precisamos de espaços públicos na web pensados e geridos horizontalmente.



O uso dos espaços deve ser coletivo e não ficar na mão de um engenheiro ou um tech por exemplo, precisamos de espaços públicos na web pensados e geridos horizontalmente.Como seria um espaço público virtual ideial? Como ele possibilita a cidadania?? como funciona a política de publicação e gestão desse espaço? que conteúdos contém e como é a organziação desse conteúdo?


ESPAÇO PÚBLICO X ESPAÇO PUBICIZADO!


Como conquistar a liberdade da comunicação sem burocracia, sem desigualdades de acesso e conhecimentos como estímulo à cultura de colaboração, o diálogo construtivo, politico e horizontal e a participação web-cidadã democratizando a construção da história?? Esse seria um plano ideal. O quê fazer para esse plano ser possível? 

O limite entre o fetiche da propaganda e a ferramente de utilidade pública.

A tecnologia em si não é o centro da questão, antes as pessoas, a vida e a cidadania.



Tecnologia X Contexto

Tecnologia massificadora
o telecentro massifica a inclusão digital
Como alternativa pensar uma reciclagem dos conceitos: “apropriação tecnológica” e “inclusão digital” para
Pró-Apreciação comunitária de tecnologia social


Tudo se resume em ganhar dinheiro?

Educação tem que ser massificadora?
Educação x Educação Popular
Qual a diferença?
O sujeito na escola não é ouvido!
Educação popular é diálogo construtivo como metodologia.
Na web o diálogo se dá como pergunta e resposta multimídia:
Upload/download
Mixload = diálogoNão só consumir, absorver, receber mas uma dinâmica gerada pela possilididade de reposta, de elaboração, criação e publicação.
A web como um campo universal de Cognição Participativa.


texto do Barcamp sendo construido colaborativamente em tempo real


Nas escolas pode-se ter um laboratório com alta tecnologia mas isso não quer dizer muito se não tiver uma dinâmica do uso desse equipamento.
Nas escolas públicas é inviável centrar a educação no uso do laboratório ou na cópia e memorização de conteúdos do vestibular.
Conteúdo e metodologias precisam ser revistos na educação formal…
É interessante pensar a relação das mídias como a fotografia ou a produção literária e didáticas e metodologias como essa proposta aqui:
Dada outra Poesia
recorte de palavras/tags que formam poema/poemas de palavras recombináveis.
  pra pensar um diálogo da cultura digital com a educação formal.
 ao invés do acesso livre apenas ou reprodução do uso engessado de computadores em telecentro proposto como  inclusão digital uma reciclagem não só dos conteúdos mas das metodologias e didáticas.Isso é uma questão política por que educação e uma questão de poder!


Para os recortes de palavras/tags para o jogo Dada Outra Poesia escolhidas pelos/as participantes foram usadas revistas entregues no próprio evento (fisl 11)


O dinheiro, a renda, estão no centro dessa questão mas dinheiro é energia, não pode ser visto como um problema em si.
A forma como geramos essa energia e como usamos ela é que é a chave!

A colaboração é uma prática que pode desenvolver a compreensão de sustentabilidade e geração de energia coletiva.
outros formatos de economia sugem ou se reciclam?? com o modelo de trabalho nos Movimentos: Software Livre, Economia Solidária (Cooperativismo), Cultura Digital, Tecno Brega,  etc,…A Editora Educadora Ecoaecoa é um exemplo de projeto sustentável, colaborativo e educativo.


————–


Dinâmica Dada Outra Poesia
proposta pela Editora Ecoaecoa para integrar as pessoas que estavam chegando no meio do diálogo:
Durante a dinâmica foram entregues revistas que vinham sendo oferecidas no próprio evento para que as pessoas escolhessem e recortassem as palavras que fosse interessante inserir no diálogo.
Enquanto se costruia um poema dada os recortes iam sendo comentados:

1º Recorte do jogo Dada Outra Poesia:


QUEM TE CALAS?

Quem cala o professor?
As vezes o educando sabe mais que o professor, é muito dificil o professor escutar o educando ou outro professor.
Como se dá a troca ensino/aprendizagem hoje?


O fisl é um mega evento,
Legal seria fazermos eventos locais pra desenvolvermos melhor as questões de educação.
Criar pequenas comunidades que abordem demandas e se comunicam por ações interdisciplinares.

O MinC do governo Lula, agitou um pouco o lado da educação popular fomentando a Cultura Livre.
A produção multimídia livre como ação de fortalecimento da base.
Construção da história da base pela base.
Resgate da ética e direitos humanos pela promoção da filosofia do Movimento Software Livre.
Os Grios reconhecidos em todo o Brasil são uma escola popular em movimento lindíssima que acabou não tendo o reconhecimentos merecido ainda.
O que está sendo feito é de extrema beleza no Brasil no movimento  Cultura Digital. Cultura digital é um movimento popular brasileiro de fato.

Existe na Bahia um ponto formado por uma banda que usou sua própria casa como extrutura.

Vânia Pierozan Educadora do Curso de Web Arte do Brava Gente
Movimento Software Livre é um movimento social.
O curso de web arte no Brava Gente não é só técnico
O fim não é só o produto mas o processo
Educação na prática é muito complexo por que é uma questão de poder.

Implementador GESAC conta que quando tem férias vai até o ponto para dar oficinas pois durante o ano não tem instrutor.

“O povo do ponto de cultura faz fila no telecentro pois conta com apenas 5 computadores.”
“Faço um curso de Mídias digitais na PUC e na própria universidade não contamos com o acesso a internet.”

Isso também é uma questão de poder!
Por quê nos preocupamos com o analfabetismo, a acessibilidade, com a inclusão digital e a má distribuição de renda no país?
Nós nos preocupamos com o analfabeto, por que?
Quem não tem acesso a rede, ou não sabe usar esse meio tem uma desvantagem.
Quem não fala, não escreve, se comunica de outra forma.
Pois quem tem acesso a  internet tem um poder que o analfabeto digital não tem.
A escrita é uma ferramenta de poder, a educação é uma ferramenta de poder, um computador conectado é uma ferramenta de poder!

Claudia Lulkin educadora popular nutricionista

São muitas esferas de poder e muitas esferas da desvantagem de poder. Com qual nos preocupamos, e como agimos em relação a essas desvantagens?

Quem não é cego, surdo, pobre, analfabeto se relaciona e se adapta a sociedade de forma mais confortável.
A ideologia do consumo pelo consumo é uma estrutura de opressão e a publicidade um aparato central de manipulação.
Precisamos reciclar esse espaço da publicidade como o espaço público, de comunicação comunitária e cidadã. Ocupar o espaço público que foi publicizado pela industria.
Quem fala mais alto:
O CONSUMO OU A CIDADANIA?
QUAL É O ESPAÇO DA CIDADANIA?
Ainda não temos autonomia de ignorar a propaganda mas precisamos utilizar esses espaços para promover cidadania. 

Mimosa do Pontinho Curiosa´Idade presente no Barcamp da Educação Popular

 

——-

Comecei uma pós em EAD e desisti pois tinha que usar windows pois o EAD da faculdade só funcionava no internet explorer.
Os professores das escolas públicas de Ivoti/RS estão usando softwares livres com sucesso.
Depois que migramos não temos mais vírus,
a atualização é mais rápida,
Os estudantes tem autonomia de escolher a distribuição que preferem usar…

Ouve alguma mudança nos conteúdos das aulas depois da migração para SL?

O uso de softwares livres muda o conteúdo das aulas que utlizam ferramestas digitais?

A tecnologia em si não é educativa, então a forma como a tecnologia é usada na educação é mais importante.
Metodogias de uso das tecnologias
Que políticas e pesquisas estão tratando as maneiras de uso das tecnologias disponíveis pelo mercado?Por que o projeto UCA não foi aprovado no Brasil?
O XO não foi absorvido pela educação publica?
O hardware do XO, seu software e aplicativos livres são tecnologias revolucionárias!

Tecnologia X Tecnologia Social


IDEIA é um projeto de educação transformadora
Gama do projeto Puraquê em Santarem/PA, implementador GESAC.

 

“Oi, sou Gama baseado no Pará.
Faço parte de um coletivo que chama Puraquê
Em Santarém tivemos um desafio de fazer funcionar algumas máquinas com um grupo que se tornou vários grupos e outros laboratórios;
Nessa história começamos a gerar uma série de atividades ligadas a cultura digital que falam sobre a questão do Negro, respeito ao próximo, colaboração, a sabedoria dos Grios. A história do bairro é um assunto trabalhado nesses espaços. Isso é um resgate pois

nossas escolas formais não proporcionam questionamentos e reflexões ligados a realidade.



Ecologia virtual é um nicho complexo.
Os valores direcionam o uso da tecnologia, então isso vem antes da tecnologia em si.

O Ministério da Cultura conseguiu promover o uso de ferramentas livres muito mais que o Ministério da Educação.”

Mas e o pensamento, culturalmente é livre?
A filosofia do software livre trás uma questão de ética para a educação.
As questões éticas foram excluidas dos espaços públicos.




Leitura do Poema coletivo construído como dinâmica Dada Outra Poesia proposta no encontro:

Circuito Cultural

Brasil
Caminhos
que eu direi
expressão
o viral
Atua cultura?
Ainda não me conhece?
Pra que(m)
Fugir de casa?



outra poesia recombinando as palavras :



Quem te Cala ainda não me conhece? 
Diga-me quem tu és
Presença
BRASIL 
é permitido Permitir
O VIRAL

Pra que(m) fugir de casa?
que eu direi:
caminhos,
expressão:
a TUA cultura 
circuito cultural



Comentário sobre a dinâmica Dada Outra Poesia:

“Esses 2 poemas que construímos juntos não têm dono
Isto é uma construção livre, coletiva e colaborativa de ideias assim como esse texto.
Nossa voz somada poeticamente.
Um levante de palavras que foram re-combinadas para pensarmos os mesmos conceitos de outra forma.
Essa dinâmica representa o objetivo desse Barcamp sobre educação popular, tecnologia social, software livre e cultura digital.”
Temos esse texto e esses poemas como resultado, produto, documentação e parte de um
processo que não termina.
Continuemos desenvolvendo essas ideias junt@s!

Conclusões do diálogo:

– Realmente o afeto é importante
– Ouvir o outro é necessário!
– O diálogo é uma tecnologia social a fotografia pode ser.

– Vamos reciclar o espaço da publicidade como um espaço de comunicação cidadã.

Fotografias por: Elisa Gottfried
Texto coletivo publicado por Ecoaecoa Editora Educadora

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

Anúncios

Sobre ecoaecoa

Uma nuvem de idéias em diálogo contínuo com o chão.

Uma resposta »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: